>> EDUCAÇÃO INFANTIL E
ENSINO FUNDAMENTAL


>> BILÍNGUE
>> PERÍODO INTEGRAL, MEIO
PERÍODO E PERÍODO ESTENDIDO


A Linguagem e a Educação Infantil

"A aquisição da linguagem verbal não é um fato que se dá isoladamente no desenvolvimento infantil. Seu aparecimento faz parte de uma série de transformações no comportamento da criança pequena, marcadas pelo aparecimento de condutas simbólicas e de transformações correlatas na forma de compreender e interagir com o mundo" (ZORZI, 2002, p.3).

A criança compreende a linguagem antes mesmo de ser capaz de usá-la de modo significativo. Portanto, precisamos oferecer experiências auditivas para as crianças antes mesmo que ela fale.

O trabalho com a linguagem é um dos eixos básicos da Educação Infantil e a garantia para uma proposta educacional bilíngue. A linguagem e o pensamento ocorrem por meio da interação com o outro e com o mundo. Admitir a linguagem como eixo de trabalho é considerá-la no seu papel fundamental de construtora da consciência, como afirma Vygotsky. Para isso, a equipe pedagógica e o espaço escolar são fundamentais. De acordo com Sampaio e Farias (2000), a Educação Infantil, por promover experiências significativas de aprendizagem das linguagens oral e escrita, é um dos espaços de ampliação das capacidades e o acesso ao mundo letrado das crianças. Os profissionais da Educação Infantil devem estar devidamente capacitados para desenvolver gradativamente as capacidades associadas às quatro competências linguísticas básicas: falar, escutar, ler e escrever. 

   Para Albanese (1998), na contínua interação adulto-criança estrutura-se a linguagem, cuja evolução no processo de aquisição é a mesma das estruturas fundamentais da proposição, que é a unidade linguística fundamental.

Profª Maria Elizete Serra Alves

ENTRE EM CONTATO
(44) 3025-2088 (44) 9 9181-8046

Av. Dom Manuel da Silveira D'Elboux, 831, Zona 5
| 87015-325 | Maringá - PR